O PROPÓSITO DE DEUS PARA A FAMÍLIA

Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela” (Sl 127:1).

Deus nos criou e designou o casamento e a família como a mais fundamental das relações humanas. Em nosso mundo de hoje em dia, vemos famílias atormentadas pelo conflito e arrasadas pela negligência e o abuso. O divórcio tornou-se uma palavra comum, significando miséria e dureza para os múltiplos milhões de suas vítimas. Muitos homens jamais aprenderam a ser esposos e pais devotados. Muitas mulheres estão fugindo de seus papéis dados por Deus. Pais que não têm nenhuma idéia de como preparar seus filhos estão assim perturbados pelo conflito com seus rebentos rebeldes. Outros simplesmente abandonam seu dever, deixando filhos sem qualquer preparação ou provisão.
Para muitas pessoas, hoje em dia, a frase família e Lar, não é mais do que uma ilusão vazia. Não há nada seguro num lar onde há o abuso, a traição e o abandono.


Ainda haverá uma solução?
Como poderemos evitar tais tragédias em nossas famílias? Poderão os casais jovens manter o brilho do amor e do otimismo décadas depois de fazerem os votos no casamento? Haverá esperança de recuperação dos terríveis erros do passado?

A resposta para todas estas perguntas é um infático SIM!
As soluções não são fáceis. É única e exclusivamente pelo retorno ao padrão de Deus para nossas famílias que é possível começar a entender as grandes bênçãos que Ele preparou para nós em lares construídos sobre a rocha sólida da Sua palavra. Consideremos sucintamente alguns princípios básicos ensinados na Bíblia sobre a família.

Quando temos dificuldade com a geladeira, entendemos que o fabricante, que escreveu o manual do usuário, sabe mais sobre o aparelho do que nós. Lemos o manual para resolver o problema. Ao presenciar tantos problemas nas famílias de hoje, entendemos que nosso Criador, que mandou escrever o “manual do usuário” a Bíblia, sabe mais a respeito da família do que nós. Precisamos ler o manual para achar como construir e manter lares de excelentes qualidades. A Bíblia é o Manual do Usuario. Ela nos guia em cada aspecto do Seu serviço, incluindo a realização de nossos papéis na família.

A família começa com o casamento. Quando Deus criou Adão e Eva, ele revelou seu plano básico para o casamento:

Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne” (Gn 2:24). Este plano é claro. Um homem ligado a uma mulher. Milhares de anos mais tarde, Jesus afirmou que este ainda era o plano de Deus. Ele citou este versículo e acrescentou: “Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem” (MT 19:6). O plano original de Deus foi para que o casamento só fosse cortado pela morte. (Rm 7:1-3)

As relações sexuais Deus aprova somente dentro do casamento. As relações sexuais extra-conjugais são claramente proibidas (Hb 13:4).

Esposos e esposas têm a responsabilidade de satisfazer os desejos sexuais (dados por Deus) aos seus companheiros (1 Co 7:1-5).
Relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo são igualmente proibidas por Deus (Lv 18:22; Rm 1:24-27; 1 Co 6:9-11). Deus não criou Adão e Ivo. Ele fez uma mulher, Eva, como uma parceira apropriada para Adão. As relações sexuais antes do casamento, mesmo entre pessoas que pretendem se casar, são condenadas por Deus (1 Co 7:1-2, 8-9; Gálatas 5:19).

Casais assim unidos diante de Deus pelo casamento têm o privilégio de terem filhos. Deus ordenou a Adão e Eva e aos filhos de Noé que tivessem filhos (Gn 1:28; 9:1). Ainda que nem todas as pessoas tenham que se casar, e que nem todas terão filhos, é ainda o plano básico de Deus que os filhos nasçam dentro de famílias, completas com pai e mãe. (1 Tm 5:14). Em lugar nenhum da Bíblia encontramos autorização para uma mulher ter relações sexuais para conceber um filho, antes ou sem casamento. A paternidade solteira, que está se tornando moda em nossa sociedade moderna é um afastamento do plano de Deus que já está mostrando sérias consequências para o presente, e piores serão para as gerações vindouras.

Bp° Sebastião Elias
Fonte: IBCA.org

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vdeos da Semana